A incrível fossa de evapotranspiração da Praia do Sono

Em pleno 2016, o saneamento básico do Brasil ainda é um desafio, mas já tem gente revolucionando nesse assunto. Buscando essas iniciativas, fomos até a Praia do Sono, onde foi construída, em 2015, a primeira fossa de evapotranspiração com bananeiras, na escola municipal da comunidade. Agora o Sono está construindo mais 10 fossas, dessa vez com a técnica de superadobe!

A obra é um termo de cooperação entre Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) e a Funasa (Fundação Nacional da Saúde), que através do projeto Observatório de Territórios Sustentáveis e Saudáveis da Bocaina, mantém um trabalho conjunto com o Fórum de Comunidades Tradicionais (grupo independente da sociedade civil, que une os indígenas, quilombolas e caiçaras da região), em busca de sanar problemas e solucionar demandas das comunidades envolvidas.

Dessa forma, além da inovação em construir o sistema de tratamento de esgoto com a técnica do superadobe, as demandas são decididas pelas comunidades envolvidas e, os construtores, são os próprios moradores da região. Assim todos sentem-se parte dos processos de decisão e execução!

Outro detalhe é que a obra também ocorre na parte educacional, com as crianças na escola. Nas aulas de educomunicação, os alunos descobrem a verdadeira importância desses processos de saneamento do qual fazem parte e replicam essas informações em casa, para a família, integrando assim toda a comunidade.

É a verdadeira semente para uma sociedade mais sustentável.

FICOU EM DUVIDA SOBRE O QUE É EVAPOTRANSPIRAÇAO?

Assista outro vídeo sobre o tema:

Curta, inscreva-se, deixe seu comentário ou dúvida e fique de olho nos próximos episódios de Minutos da Sustentabilidade.

São #TemposdeMudanças 😉