Encante-se com as verdadeiras jóias sustentáveis

Esses dias nos perguntamos o que seria uma jóia sustentável. Um objeto raro, artístico, feito com elementos naturais? Mas também vendido através de um mercado justo, que não superfature o produto e apoie a economia local? Ao que parece, foi o que encontramos!

No charmoso centro histórico de Paraty, encontramos a loja Canoa, de Nina Taterka Prado, onde são comercializados artesanatos de povos indígenas em todo Brasil e até mesmo alguns países do mundo, como do México. A maior parte dos objetos estão à venda, outros, apenas para serem apreciados.

Nina trata seu trabalho num certo estilo ativista. Defende que é preciso respeitar o ritmo de trabalho e fomentar uma receita para que o artesão seja beneficiado e permaneça fazendo sua arte, bem como repercutindo sua cultura. E é dessa forma que ela segue trabalhando, há 15 anos, atendendo turistas e curiosos em sua loja repleta de objetos em madeira, fibras naturais, ou mesmo as populares miçangas.

De objetos únicos, feito por etnias que não produzem para venda, mas sim para uso próprio, bem como utensílios de cozinha, como pás e cuias, a loja encanta. Máscaras cheias de mistério, colares de beleza exuberante e redes tecidas por um único fio, feito pelo proprio artesão, compõe um cenário aconchegante, num casarão que parece ser habitado por histórias da romântica Paraty… a loja Canoa, vira uma verdadeira “Disney” para quem curte a arte brasileira e, o melhor, feita de forma sustentável!

Inscreva-se, curta, compartilhe essa informação e traga suas dúvidas. Bora construir um mundo melhor, juntos, minuto a minuto 😉 Afinal, são #TemposdeMudanças