Receita de Bruschetta com Tamarilho

Este diferente tomate é fácil de cultivar e combina uma leveza ácida com um agradável perfume.

Dá para usar o Tamarilho em pratos doces ou salgados. Ele une algo que lembra um maracujá, com um perfume agradável. Fruta perfeita para curtir os sabores, com baixa ingestão de calorias!

Atenção! Evite colher PANCs em calçadas, ruas, ou locais de alto tráfego. Prefira sempre as plantas de hortas urbanas, ou mesmo as que você plantou em casa. Evite plantar próximo de postos de gasolina, ou de estabelecimentos que usam muitos produtos químicos. Saiba o histórico do terreno, para saber se há contaminação no solo. Não consuma flores compradas em vasos do supermercado ou de floristas, pois estas podem conter agrotóxicos que não são para consumo. Se tiver dúvidas se uma planta é ou não comestível, procure antes na internet. Clique para saber mais.

O Tamarilho pode ser visto como uma alternativa ao tomate. Existem outras espécies assim, que podem te ajudar a reduzir a conta do supermercado!

Este fruto nativo da América do Sul, entre outras regiões e variações da espécie pelo globo, também é conhecido como tomate de árvore. Segundo o próprio Gui, ele já o encontrou até em feiras convencionais, mas é mais popular nas orgânicas. Se quiser plantar, o pé tem o crescimento rápido e pode durar aproximadamente 12 anos. Não é exigente com o solo, mas não gosta de áreas encharcadas. Na Wikipedia é possível encontrar boas informações, em inglês.

INGREDIENTES
◆Pães (caseiros ou da padaria);
◆Tamarillo;
◆Manjericão;
◆Azeite extra-virgem;
◆Sal

Retire a casca do Tamarillo, pique o fruto e misture com as folhas de manjericão, com uma pitada de sal e um fiozinho de azeite. Em seguida, corte os pães passe o azeite e leve à frigideira, para que fique levemente crocante. Acrescente o recheio com Tamarillo já temperado e pronto, só servir!

PANC são Plantas Alimentícias Não Convencionais. Geralmente nascem de forma espontânea, muitas vezes confundimos com pragas, ervas daninhas, mas elas podem ser muito boas para integrarmos em nossa alimentação. Têm altos valores nutricionais, fazem parte da cultura popular (atualmente um pouco esquecida) e podem representar economia para seu bolso. Por serem nativas ou bastante adaptadas ao clima local, são fáceis de cultivar.

Gostou? Curta nossa página, inscreva-se em nosso canal!

EXTRA! EXTRA! EXTRA!

Veja também nosso vídeo extra deste episódio, sobre o Hortão da Casa Verde!